Referência em oftalmologia

catarata

Catarata é a opacificação do cristalino do olho. O Cristalino é uma lente que o olho humano possui e está situada atrás da íris, essa lente é responsável pelo foco e pela nitidez das imagens que enxergamos.

Com o passar dos anos é comum que esse cristalino perca a transparência e se opacifique, diminuindo assim a entrada de luz nos olhos, causando no paciente a diminuição da capacidade visual.

A Catarata é uma patologia que frequente desenvolve-se aos poucos, as alterações na visão podem levar de incômodos visuais até à cegueira, quando não tratada.

A remoção cirúrgica da catarata é um processo comum e é altamente eficaz em cerca de 90% dos casos, de acordo com o National Eye Institute (EUA).

 

 

Alguns Dados  

  • No mundo há cerca de 285 milhões de deficientes visuais, dos quais 39 milhões são cegas e 246 milhões têm baixa visão.
  • 80% dos casos mundiais de deficiência visual pode ser evitada ou curada.
  • 82% das pessoas cegas têm 50 anos ou mais. A principal causa de cegueira entre estas pessoas é a catarata, que é uma doença curável.

Fonte: OMS - Organização Mundial da Saúde

A Catarata pode ser classificada como:

  • Catarata congênita: Presente ao nascimento.
  • Catarata secundária: Aparece secundariamente, devido a fatores variados, tanto oculares (uveítes, tumores malignos intraoculares, glaucoma, descolamento de retina) como sistêmicos. No último caso, pode estar associada a traumatismos, moléstias endócrinas (diabetes mellitus, hipoparatireoidismo), causas tóxicas (corticoides tópicos e sistêmicos, cobre e ferro mióticos), exposição a radiações actínicas 1em1(infravermelho, raios X), traumatismos elétricos, entre outras.
  • Catarata senil: Opacidade do cristalino em consequência de alterações bioquímicas relacionadas à idade. Aproximadamente 85% das cataratas são classificadas como senis, com maior incidência na população acima de 50 anos³. Nesses casos, não é considerada uma doença, mas um processo normal de envelhecimento.

Fonte: CBO ( Conselho Brasileiro de Oftalmologia )

Sintomas  

A Catarata normalmente é uma patologia que se desenvolve de forma progressiva e pode atingir os dois olhos ou um olho de cada vez. Um dos primeiros sintomas é a perda progressiva na nitidez da imagem, deixando as imagens embaçadas. 

  • Imagens embaçadas ou nubladas;
  • Sensibilidade aumentada à luz;
  • Dificuldade de dirigir à noite devido ao brilho dos faróis
  • Sensação de visão embaçada;
  • Alteração contínua da refração;
  • Sensação de cores desbotadas;
  • Dificuldade em realizar atividades por causa de problemas de visão;

 

Obs.: Na maioria das vezes a catarata não pode ser diagnosticada a olho nu e nem mesmo é percebida facilmente pelos próprios portadores da catarata nas suas fases iniciais. 

Os pais precisam prestar atenção para sinais de Catarata em bebês e crianças.

Tratamentos

A Cirurgia da Catarata pode ser feita por facoemulsificação, um método onde é realizada uma incisão na córnea com o objetivo de fragmentar e aspirar o cristalino doente. O aparelho utilizado para emulsificar o cristalino faz uso de ultrassom para realizar a emulsificação e retirada por meio de sucção os fragmentos.

O tratamento cirúrgico é o único método eficaz para curar a Catarata. A cirurgia de Catarata é um procedimento comum e seguro, consiste na substituição do cristalino opaco por uma lente artificial, chamada implante de lente intraocular (LIO).

A cirurgia pode ser realizada com uso de laser chamado fentosegundo. A operação é feita sob anestesia local (geralmente colírio) com duração aproximada de 15 minutos.

Atualmente não se espera o progresso da doença para a realização da cirurgia, logo que os primeiros sintomas são diagnosticados, o paciente já pode ser indicado à cirurgia, evitando assim, o avanço da doença.

Somente um médico oftalmologista poderá diagnosticar e indicar o melhor tratamento para a catarata.

Se você identificou alguma dificuldade visual ou apresenta algum desses sintomas marque uma consulta com um de nossos médicos.

As informações exibidas neste site têm como objetivo a orientação e não pode ser considerada como uma consulta médica. Portanto, se você apresentar algum problema médico marque uma consulta com um de nossos especialistas.

Central de atendimento ( 19 ) 3727-6060